domingo, 14 de setembro de 2008

NA BARCA DA MODERNIDADE

SUELY MESQUITA
Microswing
Independente


Tudo em Suely Mesquita é moderno, antenado, fluente. Criadora de qualidade, a carioca traz em Microswing, seu segundo CD, canções que mostram uma criadora conectada ao que se passa à sua volta. Amores, fatos do cotidiano, tudo ganha forma e som na lente afiada da compositora e cantora. O álbum tem participações especiais de Zélia Duncan, na envolvente e gostosamente grudenta Imenso (parceria delas) e Zeca Baleiro, no samba Longe (dele e Suely), com letra inteligente e bem construída. Há uma bela homenagem à saudosa Ryta de Cássia, cantora da primeira formação do Arranco de Varsóvia, em Blues Pra Ryta.

A sagacidade e mordacidade de Suely se fazem presentes em Catástrofe (parceria com Mathilda Kóvak) e Zona e Progresso (Suely, Pedro Luís, Arícia Mess), que já deu título a um disco do mentor do grupo A Parede. Como cantora, ela é de precisão absoluta. Tem técnica refinada, sem esquecer o sentimento. A produção, de João Gaspar, valoriza sonoridade simples, que realça as belezas harmônicas e melódicas. O swing do título pode ser micro, mas o talento de Suely Mesquita é macro. Mega-macro.

Como adquirir o CD: www.suelymesquita.com.br

2 comentários:

Danny disse...

Oi, Toninho! Tô por aqui, viu?
Ótima e merecida crítica!!!
Só faço uma observação: o CD todo é dedicado à Ryta de Cássia.
Beijos!

Toninho disse...

Querida,
Bom ler você novamente!
Valeu a observação. Eu sabia, mas preferi realçar o Blues For Ryta.
Beijos!