segunda-feira, 31 de março de 2008

BATIDA PLANETÁRIA


EMERSON TAQUARI
Pandeirando
RM2 Entretenimento


O percussionista baiano Emerson Taquari compreende Música de um modo diferenciado. Não se prende à lógica ou aos ditames das sete notas. Ousa, atreve-se, subverte, cria novas e inventivas soluções melódico-harmônicas. Em Pandeirando, seu trabalho de estréia como solista, nada é guiado pela previsibilidade. Ao longo de onze temas, Taquari coloca os pandeiros e demais instrumentos de percussão a serviço de batidas inusitadas.

Músico com larga experiência nacional e internacional, no momento Emerson Taquari trabalha com Daniela Mercury e já atuou com outros artistas, entre eles Ivete Sangalo. Mas Pandeirando é uma viagem absolutamente particular. Mergulhando nos timbres percussivos da Bahia e seguindo sonoridades asiáticas, africanas e latinas, produz um turbilhão musical dos mais atraentes. Estão aqui sambas, afoxés, frevo, valsa e improvisos jazzísticos temperados, em alguns casos, com loops eletrônicos bem colocados. Em momento algum o músico se repete. Cada peça é tratada com um beat específico.


Gravado em Salvador e co-produzido por Giovana Póvoas (filha de Daniela Mercury) e pelo próprio Emerson Taquari, o álbum tem a participação de músicos de respeito como a cantora Vânia Bastos e a fantástica Orkestra Rumpilezz, do qual ele faz parte, e que gravará seu primeiro CD em breve. Entre os temas, Merenguay, Bacubahia, Poema Percussivo e Pau Brasil Ferro e Pele de Cabra. Emerson Taquari é exímio percussionista, sabe tirar de cada batida o som certo. Seu trabalho tem qualidade, pode ser classificado com precisão como a verdadeira Música do Mundo.

Site Oficial:www.emersontaquari.com

domingo, 30 de março de 2008

CARA A CARA COM A REALIDADE


SHERYL CROW
Detours
A&M/Arsenal/Universal


A dor, o sofrimento e a observação forjaram o espírito de Detours, sexto álbum de Sheryl Crow. A cantora e compositora, embora mantenha a mescla de country, folk e hard rock, nas letras está anos-luz distante das baladas de sábado à noite ou das delícias de uma tarde de sol na praia que descreveu em tantas canções. Depois de enfrentar sérios problemas de saúde - teve câncer no seio - e viajar pelos Estados Unidos acompanhando entidades filantrópicas e conhecendo as mazelas do país, decidiu transformar essas experiências em música.


O resultado é um disco denso, de sonoridade elaborada e versos cortantes. São quatorze canções, todas inéditas. God Bless The Mess, que abre o repertório, é uma novela sobre a desordem emocional dos habitantes de grandes cidades e traz som abafado, como se estivesse sendo ouvida num velho rádio de pilha. É sucedida pela explosiva Shine Over Babylon, com versos que mesclam esperança e crítica. Now That You're Gone fala, sem meias-palavras, de um relacionamento destruído. Em Make It Go Away (Radiation Song), espécie de prece desesperada, Sheryl recorda o que sentiu ao descobrir que estava com um tumor no seio. Lullaby For Wyatt é uma canção de ninar, uma declaração de amor ao filho. Nestas e em todas as outras, Sheryl Crow dá a cara a tapa sem medo. Detours é um de seus melhores trabalhos.

Site Oficial: www.sherylcrow.com



Sheryl Crow em Shine Over Babylon (Sheryl Crow/Bill Bottrell/Brian MacLeod), do álbum Detours (A&M/Arsenal/Universal, 2008)

GIANA VISCARDI ABRE A TEMPORADA MUSICAL DE ABRIL EM SÃO PAULO


O mês de abril começa bem em termos musicais na cidade de São Paulo. Na terça, dia 1o, a cantora e compositora Giana Viscardi apresenta-se no Bourbon Street Music Club, em show do projeto Terça Por Elas. O repertório terá por base seu segundo disco, 4321, que acaba de ser lançado no Japão e reeditado no Brasil com faixas bônus.

Giana Viscardi mostrará canções como 4321, Gata Lúcida, Fera Bela, Nome do Homem e a inédita Sabores, que está na edição japonesa (da gravadora Rambling Records) e na reedição nacional (agora pelo selo WA Records, com distribuição da Unimar). O show de Giana Viscardi terá direção musical do violonista e compositor austríaco Michael Ruzitschka.

Site Oficial: www.gianaviscardi.com.br
MySpace: www.myspace.com/gianaviscardi

SERVIÇO:
GIANA VISCARDI - show do Projeto Terça Por Elas
Terça-Feira, 1o de Abril, às 22 horas
Bourbon Street Music Club - Rua dos Chanés, 127 - Moema, São Paulo
Couvert Artístico a R$ 30,00
Informações: (11) 5095 6100 e (11) 5561 1643 - www.bourbonstreet.com.br

DANDARA MOSTRA SEU TALENTO EM SHOW AO AR LIVRE NO DOMINGO PAULISTANO


A cantora e compositora Dandara, de 17 anos, um dos maiores talentos da novíssima cena musical paulistana, estará se apresentando neste domingo, 30 de março, ao ar livre, na Praça dos Omaguás em frente à Fnac, no bairro de Pinheiros, zona oeste de São Paulo. Ela será acompanhada por Daniel Bernal (guitarra/violão), Zebú (baixo) e Arnaldo Duarte (bateria).

No repertório, canções próprias e de novos compositores como Sonekka, Ricardo Soares, Márcio Policastro, Kana, Leo Nogueira e Rafael Iasi. Dandara mostrará, também, clássicos de Wilson Batista e Ari Barroso. Excelente opção para o domingo dos paulistanos, Dandara é uma artista que merece ser vista e ouvida.

SERVIÇO:
DANDARA
Domingo, 30 de Março, às 14h30
Praça dos Omaguás, em frente à Fnac - Pinheiros, São Paulo
Grátis




Dandara interpreta Curumim (Kana/Leo Nogueira), canção que estará no show deste domingo em São Paulo

sábado, 29 de março de 2008

NO RIO DE JANEIRO, PATTY ASCHER MOSTRA A BOSSA DE BURT BACHARACH


Neste sábado, 29 de março, a cantora paulistana Patty Ascher mostra no J Club, na Casa de Cultura Julieta Serpa, no Rio de Janeiro, o repertório do CD Bacharach Bossa Club, produzido por Roberto Menescal e lançado pela gravadora Albatroz em 2007. No show, somente canções do maestro, arranjador e compositor norte-americano Burt Bacharach vertidas para a levada da Bossa Nova.

Patty Ascher interpretará, entre outros clássicos do compositor (que completa 80 anos em 12 de maio), Raindrops Keep Fallin' On My Head, The Look Of Love, Do You Know The Way To San Jose, A House Is Not a Home, One Less Bell To Answer, I'll Never Fall In Love Again e Walk On By. O show terá direção musical de Ronaldo Rayol.

Site Oficial: www.bacharachbossaclub.com

SERVIÇO:
PATTY ASCHER, no show Bacharach Bossa Club
Sábado, 29 de Março, às 22 horas
J Club (Casa de Cultura Julieta Serpa) - Praia do Flamengo, 340 - Flamengo, Rio de Janeiro
Ingressos a R$ 40,00
Informações: (21) 2551 1278




Patty Ascher, acompanhada por Roberto Menescal, interpreta One Less Bell To Answer (Burt Bacharach/Hal David), canção do álbum Bacharach Bossa Club (Albatroz, 2007), e que estará no show deste sábado no J Club, Rio de Janeiro

ZÉ RODRIX GRAVA CD E DVD AO VIVO EM SANTOS


Acontece neste sábado, a partir das 21 horas no SESC Santos, o segundo show de gravação do CD e DVD do cantor, compositor, escritor, publicitário e produtor Zé Rodrix, um dos mais criativos e respeitados artistas brasileiros. Acompanhado por uma big band, ele revisita a carreira e apresenta novas canções.

Zé Rodrix recebe como convidados o parceiro Tavito, que escreveu com ele o clássico Casa no Campo, a filha Barbara Rodrix, uma das mais talentosas cantoras e compositoras da novíssima geração, e o músico santista Sonekka, com quem tem diversas parcerias. Rodrix mostrará, entre outros temas, Casa no Campo, Soy Latino-Americano, Quando Será, Boa Noite Cinderela e tambem canções dos tempos do trio Sá, Rodrix & Guarabyra e dos grupos Momento4uatro e Joelho de Porco.

SERVIÇO:
ZÉ RODRIX - show de gravação de CD e DVD
Sábado, 29 de Março, às 21 horas
SESC Santos - Rua Conselheiro Ribas, 136 - Bairro Aparecida, Santos
Ingressos a R$ 20,00
Informações: (13) 3278 3800 - www.sescsp.org.br

sexta-feira, 28 de março de 2008

CANTORAS HOMENAGEIAM JOHNNY ALF EM SHOW NA CAPITAL PAULISTA


Nesta sexta-feira, 28 de março, o compositor Johnny Alf será homenageado pelas cantoras Daisy Cordeiro, Jane Lago e Ivete Souza no show DIJohnnyando Alf, dentro do projeto Chuva de Estrelas, do Centro Cultural São Paulo. O tributo é mais que merecido, Johnny Alf é figura de fundamental importância na sedimentação e desenvolvimento da Bossa Nova.

No show, Daisy (à esquerda, em foto de Wilson Maya), Jane e Ivete mostrarão grandes canções do homenageado como Ilusão à Toa, Eu e a Brisa, Rapaz de Bem e O Que é Amar. As intérpretes serão acompanhadas por Paulinho Paraná (guitarra), Breno Ruiz (piano), Giba Pinto (baixo) e Wellington Moreira (bateria). O roteiro é de Fernando Faro. O espetáculo terá abertura da banda italiana Jacaré.

SERVIÇO:
DAISY CORDEIRO, JANE LAGO & IVETE SOUZA, no show DIJohnnyando, do projeto Chuva de Estrelas
Abertura: Banda Jacaré
Sexta-Feira, 28 de Março, às 19 horas
Centro Cultural São Paulo (Sala Adoniran Barbosa) - Rua Vergueiro, 1000 - Paraíso, São Paulo
Ingressos a R$ 15,00
Informações: (11) 3383 3443 e 2444

DINAMITE PURA


CHRISTINA AGUILERA
Back To Basics: Live And Down Under
RCA/Sony BMG


De todas as cantoras surgidas na sua geração, Christina Aguilera é, disparado, a melhor. Discípula do melhor do soul e do rhythm'n'blues, alia a esses elementos a pitada de latinidad que vem do sangue. Tem uma voz extraordinária, não só em discos mas também nos palcos, como prova este DVD gravado no ano passado em Sydney, Austrália, durante a turnê de lançamento do álbum Back To Basics.

Esqueça a parafernália tecnológica que cerca o espetáculo. Ela é impactante, claro, mas o que vale mesmo é a voz de Christina. Capaz de alcançar agudos impressionantes, a artista não se prende apenas ao poder da garganta. Empresta a todas as interpretações doses exatas e precisas de emoção e sensualidade (quando necessária).


O repertório traz, na maior parte, canções de Back To Basics, mas a estrela não deixa de lado hits anteriores. Entre os temas, Candyman, Come On Over, What a Girl Wants, Beautiful, Higher e Lady Marmalade (clássico do trio Labelle, que Christina Aguilera regravou ao lado de Lil'Kim, Mya e Pink para a trilha do filme Moulin Rouge). Espetacular, no sentido mais amplo do termo.

Site Oficial: www.christinaaguilera.com

Duração total: 130 minutos
Extras: cenas de bastidores, entrevistas
Áudio: Dolby Digital 5.1, Dolby Digital 2.0
Região 0 (roda em qualquer aparelho)




Christina Aguilera em Lady Marmalade (Bob Crewe/Kenny Nolan), do DVD Back To Basics: Live And Down Under (RCA/Sony BMG, 2008)

ESTRÉIA EM MAIO, NO RIO, MONTAGEM BRASILEIRA DE A NOVIÇA REBELDE


O musical A Noviça Rebelde (The Sound Of Music), de Richard Rodgers e Oscar Hammerstein II, clássico do gênero levado às telas em 1965 com direção de Robert Wise e tendo à frente do elenco Julie Andrews e Christopher Plummer, ganha versão brasileira. A estréia será em 8 de maio, reinaugurando o Teatro Casa Grande, no Shopping Leblon, Rio de Janeiro, rebatizado como Teatro Oi Casa Grande (terá o patrocínio da operadora de telefonia móvel Oi). O espaço volta a funcionar após onze anos. Em 1997, foi destruído por um incêndio.

A montagem nacional de A Noviça Rebelde tem adaptação e direção de Charles Müeller e Cláudio Botelho, dupla responsável por sucessos como Company, Cole Porter - Ele Nunca Disse Que Me Amava, 7, O Musical e Cristal Bacharach. À frente do elenco estarão a cantora e atriz Kiara Sasso, como Maria, e Herson Capri como o Capitão Von Trapp. Kiara Sasso é uma artista extraordinária, nasceu para os espetáculos musicais. Estrelou produções no Brasil e Estados Unidos. Entre seus sucessos nos palcos nacionais estão A Bela e a Fera, Cole Porter - Ele Nunca Disse Que Me Amava, O Fantasma da Ópera e Miss Saigon. Herson Capri é um dos mais conhecidos atores do nosso teatro, cinema e televisão.

A adaptação terá todas as canções, entre elas clássicos como The Sound Of Music, Edelweiss, Climb Ev'ry Mountain, My Favorite Things e Do Re Mi, devidamente vertidas para o português. A trilha sonora será lançada pela Sony BMG. Também no elenco, Ada Chaseliov, Bruno Miguel, Solange Badim, Mirna Rubim, Maria Netto, Fernando Eiras e Ana Zinger. A temporada carioca deverá ter longa duração. Na sequência, o espetáculo poderá ir para São Paulo. Certamente será um dos maiores sucessos do ano, pois todos os profissionais envolvidos têm comprovada qualidade e competência.

Blog Oficial: www.anovicarebelde.blogspot.com

quarta-feira, 26 de março de 2008

JAIR OLIVEIRA LANÇA DVD COM SHOWS EM SÃO PAULO


Nesta sexta e sábado, 28 e 29 de março, o cantor, compositor, multiinstrumentista e produtor Jair Oliveira lança seu primeiro DVD, Simples Ao Vivo (S de Samba/ Brazilmúsica!) com shows no Tom Jazz, em São Paulo. Jair mostrará canções como Tiro Onda (da novela Cobras e Lagartos), Intacto, Bom Dia, Anjo, Você Por Perto, Falso Amor, Coisas Fáceis e Sorriso Pra Te Dar.

Nos shows, ele será acompanhado por Serginho Carvalho (baixo), Jotaerre e Erick Chica (percussão). O DVD Simples Ao Vivo é fruto de parceria entre a gravadora e produtora S de Samba, do próprio Jair Oliveira, e a Mutante Filmes.

Site oficial: www.jairoliveira.com.br

SERVIÇO:
JAIR OLIVEIRA - show de lançamento do DVD Simples Ao Vivo
Sexta e Sábado, 28 e 29 de Março, às 22 horas
Tom Jazz - Avenida Angélica, 2331 - Higienópolis, São Paulo
Couvert Artístico a R$ 50,00
Informações: (11) 3255 3635 - www.tomjazz.com.br

NA VIA FUNCHAL, O MÁGICO ENCONTRO DE MARIA BETHÂNIA E OMARA PORTUONDO


O público paulistano terá oportunidade de ver, nesta quinta e sexta-feira, 27 e 28 de março, na Via Funchal, um dos mais belos encontros musicais de que se tem notícia: o da baiana Maria Bethânia e da cubana Omara Portuondo, que resultou num comovente CD recém lançado pela Biscoito Fino. Nos shows, as damas cantarão canções como Marambaia (Só Vendo Que Beleza) (Henricão/Rubens Costa), Para Cantarle a Mi Amor (Orlando De La Rosa), Mensagem (Aldo Cabral/Cícero Nunes) e Viente Años (Maria Teresa Vera).

Omara Portuondo é uma das vozes do fantástico Buena Vista Social Club, grupo de músicos cubanos que foi revelado para o mundo a partir do documentário do cineasta alemão Win Wenders e do disco produzido pelo norte-americano Ry Cooder. Ela e Maria Bethânia serão acompanhadas por João Carlos Coutinho (piano), Jorge Helder (baixo), Cláudio Brito (percussão), Marcelo Costa (percussão) e o cubano Andres Coayo (percussão), capitaneados pelos produtores musicais e arranjadores do CD, os violonistas Jaime Alem e Swami Jr.

SERVIÇO:
MARIA BETHÂNIA & OMARA PORTUONDO
Quinta e Sexta-Feira, 27 e 28 de Março, às 21h30
Via Funchal - Rua Funchal, 65 - Vila Olímpia, São Paulo
Ingressos de R$ 60,00 a R$ 200,00
Informações: (11) 2897 4456 e (11) 3188 4148 - www.viafunchal.com.br

terça-feira, 25 de março de 2008

SEAL INICIA TURNÊ BRASILEIRA


O cantor e compositor inglês Seal inicia nesta quarta, 26 de março, no HSBC Brasil (antigo Tom Brasil Nações Unidas), em São Paulo, a parte brasileira da turnê mundial de lançamento de seu novo álbum, System, que saiu pela Warner no final do ano passado. Ele se apresenta quarta e quinta em São Paulo, seguindo depois para o Rio de Janeiro (HSBC Arena, 29 de março), Curitiba (Teatro Positivo, 1o. de abril) e Porto Alegre (Pepsi On Stage, 3 de abril).

Os shows terão canções do novo CD, entre elas Amazing, indicada ao Grammy, e sucessos como Kiss From a Rose (do filme Batman Forever, de 1996), Prayer For The Dying e Crazy. Até hoje, o cantor e compositor já ganhou três prêmios Grammy. O novo trabalho é considerado o mais dançante de sua carreira. Filho de pai nigeriano e mãe brasileira, Seal esteve no país pela última vez em 1992, no festival Hollywood Rock.

Site oficial: www.seal.com

SERVIÇO:
SEAL - shows da turnê de lançamento do álbum System
Terça e Quarta-Feira, 26 e 27 de Março, às 21h30
HSBC Brasil - Rua Bragança Paulista, 1281 - Chácara Santo Antonio, São Paulo
Ingressos de R$ 200,00 a R$ 400,00
Ingressos: (11) 4003 1212 - www.hsbcbrasil.com.br

FLÁVIA BITTENCOURT DIVIDE PALCO COM LUIZ MELODIA EM SÃO PAULO


A cantora e compositora maranhense (radicada no Rio de Janeiro) Flávia Bittencourt recebe o carioca Luiz Melodia no SESC Santana, em São Paulo, nesta quarta, 26 de maio, em show do projeto Afinidades. É a quarta vez que Flávia e Melodia se apresentam juntos. Ela mostrará canções de seu primeiro álbum, Sentido, produção independente de 2003 hoje distribuída pela Som Livre. Entre os temas, Terra de Noel (de Josias Sobrinho e que entrou na trilha da novela América), Vazio e Sentido (ambos da própria artista). Será acompanhada por Leandro Saramago (7 cordas), Marquinho Mendonça (violão, bandolim e cavaquinho), Rogério Fernandes (baixo), Netinho Albuquerque (percussão) e Fábio Bergamini (percussão).

Luiz Melodia, que em 2007 lançou o aclamado Estação Melodia (Biscoito Fino), álbum com sambas clássicos, cantará sucessos como Estácio, Holly Estácio, Magrelinha, Juventude Transviada e Presente Cotidiano. Depois desse show, Flávia Bittencourt irá se dedicar à gravação do novo disco, Todo Domingos, somente com canções de Dominguinhos, com previsão de lançamento para o segundo semestre. No repertório do CD entrarão, entre outras, Lamento Sertanejo e Retrato da Vida, que estarão também no espetáculo desta quarta-feira.

Sites oficiais: www.flaviabittencourt.com.br e www.luizmelodia.com.br

SERVIÇO:
FLÁVIA BITTENCOURT - show do Projeto Afinidades
Convidado Especial: LUIZ MELODIA
Quarta-feira, 26 de Março, às 21 horas
SESC Santana - Av. Luiz Dumont Villares, 579 - Santana, São Paulo
Ingressos de R$ 5,00 a R$ 15,00
Informações: (11) 6971 8700 - www.sescsp.org.br




Flávia Bittencourt em Vazio (Flávia Bittencourt), canção do CD Sentido (Som Livre, 2003), e que estará no show desta quarta, 26 de Março, no SESC Santana (SP)

NOVO DISCO DE ELVIS COSTELLO SAIRÁ SOMENTE EM VINIL


Depois de trabalhos com Burt Bacharach, o soulman Allen Toussaint e a soprano Anne-Sophie Von Otter e de discos eruditos, o inglês Elvis Costello vem com mais uma novidade fora do usual: seu próximo álbum, que tem o estranho título de Momofuku, sairá somente em vinil e trará na contra-capa um código para que os interessados possam fazer download do conteúdo. O disco virá pelo selo Lost Highway, ligado à Universal Music. A gravadora ainda não decidiu se o disco sairá em vinil somente nos Estados Unidos ou em todo o mundo.

No momento, o cantor e compositor supervisiona a reedição de vários de seus discos pela própria Universal. Costello abrirá os shows do braço norte-americano da turnê mundial do The Police, a partir de 10 de maio. Antes, em 22 de abril, o músico inicia sua própria turnê (em Memphis). Mais: foi anunciado que ele voltou a compor em parceria com Burt Bacharach. A dupla lançou há dez anos o aclamado álbum Painted From Memory, vencedor de um Grammy, e essa nova leva pode gerar mais um disco. Vamos aguardar...

Site oficial: www.elviscostello.com

O LADO SANTO DE BOB DYLAN


GOTTA SERVE SOMEBODY: THE GOSPEL SONGS OF BOB DYLAN
Vários Intérpretes
Image/Coqueiro Verde

Enaltecer o folk/country/rock de Bob Dylan é cair na mesmice. Mas vale a pena prestar atenção nos pendores cristãos do moço. Durante algum tempo, convertido ao cristianismo. Mr. Robert Zimmermann gravou trabalhos tão brilhantes quanto os 'hereges', casos de Slow Train Coming (1979) e Saved (1980), ambos co-produzidos por ele e Jerry Wexler, um dos magos da Atlantic Records nos anos 60.

Nesse período o trovador criou grandes canções, várias revividas no CD Gotta Serve Somebody: The Gospel Songs of Bob Dylan, indicado ao Grammy em 2003. Chega ao mercado nacional o DVD mostrando as gravações do álbum. Nomes de peso do gospel norte-americano interpretam as composições de cunho cristão de Dylan. Entre os artistas, Aaron Neville, Shirley Caesar, Helen Baylor e os grupos Mighty Clouds Of Joy, Chicago Mass Choir e Sounds Of Blackness. Entre os temas, Saving Grace, Every Grain Of Sand, Are You Ready, What Can I Do For You, Pressin', In The Garden e Gotta Serve Somebody (com o próprio Bob Dylan, em clipe de animação). Material de qualidade.

Duração total: 82 minutos
Extras: versões alternativas, clipe em animação
Legendas: português
Áudio: Dolby Digital 5.1, Dolby Digital 2.0
Região 0 (roda em qualquer aparelho)

EMERSON TAQUARI MOSTRA SEU UNIVERSO PERCUSSIVO NO VITROLA


O percussionista e compositor baiano EMERSON TAQUARI é o convidado desta quarta, 26 de março, do VITROLA, programa que produzo, dirijo e apresento e que vai ao ar todas as quartas-feiras, ao vivo, pela allTV. Ele falará de seu primeiro CD, Pandeirando, que sai pela RM2 Entretenimento, trabalho instrumental onde explora as possibilidades do instrumento.

EMERSON TAQUARI tem 23 anos e é músico da banda que acompanha Daniela Mercury em shows e gravações. Trabalhou também com Ivete Sangalo e fez parte de diversos grupos de axé e pagode. Viveu em Londres, onde teve a oportunidade de mostrar aos ingleses a riqueza da percussão brasileira. No VITROLA, apresentará temas do disco.

Site oficial: www.emersontaquari.com

SERVIÇO:
VITROLA - quartas-feiras, das 16 às 17 horas, ao vivo
Apresentação, Produção e Direção: Toninho Spessoto
Convidado em 26 de Março: EMERSON TAQUARI
www.alltv.com.br

segunda-feira, 24 de março de 2008

VICTOR BIGLIONE HOMENAGEIA TOM JOBIM EM SHOW NA CAPITAL PAULISTA


O guitarrista argentino Victor Biglione apresenta-se nesta terça-feira, 25 de março, no Sesc Paulista, em show do projeto Instrumental Sesc Brasil. No repertório, canções de Tom Jobim como Olha Pro Céu, Chovendo na Roseira, Inútil Paisagem, Lígia, Água de Beber e Por Causa de Você. O músico, radicado há mais de três décadas no Brasil, mostra nesse show o approach que Jobim teve com o jazz. Biglione, no violão e guitarra, será acompanhado por Bruno Migotto (baixo acústico) e Bob Wyatt (bateria).

O artista tem profunda ligação afetiva com Tom Jobim. O maestro era admirador de sua arte e chegou a lhe dar carta de recomendação para que pudesse estudar na Berklee School Of Music em Boston, Estados Unidos, uma das mais importantes instituições de ensino de música em todo o mundo. O show terá transmissão on line através do www.sescop.org.br/instrumental. . Após a apresentação, haverá um chat com Victor Biglione no mesmo endereço.

Site oficial: www.victorbiglione.com.br

SERVIÇO:
VICTOR BIGLIONE - Projeto Instrumental Sesc Brasil
Terça-feira, 25 de Março, às 19 horas
Unidade Provisória Sesc Paulista - Av. Paulista, 119 - Paraíso, São Paulo
Entrada Franca - os ingressos serão distribuídos uma hora antes do show
Informações: (11) 3179 3700 - www.sescsp.org.br

NO GRAZIE A DIO, EM SÃO PAULO, A SOUL MUSIC DE MAGA LIERI


A cantora e compositora Maga Lieri é a atração desta segunda-feira, 24 de março, no Grazie a Dio, em São Paulo. Ela mostrará parte do repertório de Maga Lieri, seu primeiro CD, lançado pela Amellis Records em 2006 e fortemente marcado por soul music de qualidade. Será acompanhada por Jefferson Caetano (baixo/violino), Denys Cristian (guitarra/voz), Marquinho Cachorrão (violão/voz), Dado Tristão (teclados/voz) e Wilsinho Grimaldi (bateria).

A artista paulistana interpretará canções como De Repente Nunca Mais, Sotaque Soul, Tira o Sono, Meus Sinais, Cidade Quente e releituras para Lábios de Mel (Tim Maia) e Jorge de Capadócia (Jorge Benjor). O show de Maga Lieri terá transmissão ao vivo pelo site www.podfestival.com.br.

Site oficial: www.magalieri.com.br

SERVIÇO:
MAGA LIERI
Segunda-feira, 24 de Março, às 22 horas
Grazie a Dio - Rua Girassol, 67 - Vila Madalena, São Paulo
Ingressos a R$ 15,00
Informações: (11) 3031 6568

sábado, 22 de março de 2008

O DIGNO OFÍCIO DE CANTAR


ZEZÉ GONZAGA
Entre Cordas
Biscoito Fino


Zezé Gonzaga é uma das intérpretes mais refinadas da música popular brasileira. Aos 81 anos, anda um tanto reclusa, é verdade, mas vez por outra solta a voz doce e firme para alegria dos admiradores. Este CD é um presente a ela e principalmente ao público. Traz gravações dessa grande dama da canção em estúdio, programas de televisão e shows, de 1983 a 2007.

Há verdadeiras raridades, como as participações de Zezé em programas da TV Educativa do Rio de Janeiro, apresentados pelo grande Hermínio Bello de Carvalho. Ela canta acompanhada pelos saudosos Radamés Gnattali (ao piano em Amargura, dele e Alberto Ribeiro) e Raphael Rabello (com seu violão mágico num pot-pourri incluindo Duas Contas (Garoto), Imagens (Orestes Barbosa/Valzinho) e Linda Flor (Ai, Iô Iô) (Luiz Peixoto/Marques Porto/Henrique Vogeler)). O repertório tem Zezé Gonzaga também Folhas Secas (Nelson Cavaquinho/ Guilherme de Brito), com o inesquecível Baden Powell ao violão. Entre os outros músicos que participam do disco estão o bandolinista Hamilton de Holanda e os violonistas do Quarteto Maogani. Zezé é emoção, simplicidade, sutileza e elegância em doses generosas.

sexta-feira, 21 de março de 2008

UMA HISTÓRIA DE PAZ, AMOR E SOM


JOHN & YOKO'S YEAR OF PEACE
Documentário
Image/Coqueiro Verde


Este excelente documentário, produzido em 2000 pela CBC, Canadian Broadcasting Company, mostra em detalhes a batalha pacifista travada por John Lennon e Yoko Ono em 1969, e que teve como palcos principais as cidades de Montreal, Toronto e Ottawa, no Canadá. Através de valioso e amplo material de arquivo, a história do bed in, manifesto feito pelo casal e que consistia basicamente em transmitir mensagens de paz deitados numa cama, é mostrada com fatos até então não revelados.

Tudo começou nos Estados Unidos. A justiça americana não permitiu que os Lennon seguissem com o manifesto no país. John negociou com autoridades canadenses e obteve permissão para entrar em Montreal. O bed in continuou naquele cidade e passou por Toronto. Em Otawa, o casal também realizou alguns eventos.


O acervo documental da TV canadense é riquíssimo. Estão mostrados detalhadamente episódios como a discussão de John e Yoko com o cartunista Al Capp, de extrema direita, a visita do casal ao primeiro-ministro Pierre Trudeau, verdadeiro ídolo popular, e a gravação da canção Give Peace a Chance. Há, também, relatos sobre a participação dos Lennon no Toronto Peace Festival e a história da tentativa frustrada de promover um festival de rock que, segundo eles, seria maior que Woodstock. No final, o roteiro pula para o assassinato de John Lennon em Nova York, no dia 8 de dezembro de 1980. A narrativa é entremeada por depoimentos de produtores, disc jockeys, jornalistas, fãs e de Yoko Ono. Trabalho de peso sobre um dos mais intensos momentos da história do rock.

Duração total: 52 minutos
Legendas: português, espanhol
Áudio: PCM Stereo
Região 0 (roda em qualquer aparelho)

NO VITROLA, SILVIA GOES LANÇA LIVRO SOBRE A DESCOBERTA DA MUSICALIDADE


Nesta sexta-feira, 21 de março, o VITROLA, programa que apresento, produzo e dirijo semanalmente na allTV, terá uma edição especial às 20 horas. Receberei a pianista e arranjadora SILVIA GOES, que lança pela Editora Person o livro O Cérebro Musical, em se propõe a ajudar as pessoas a descobrirem sua musicalidade.

Silvia trabalha há quatro décadas com música. Atua ao lado de alguns dos maiores artistas brasileiros como Jane Duboc, Leny Andrade, Maurício Einhorn e Toquinho. É mãe da cantora Bia Goes e do baixista e violonista Thiago do Espírito Santo, dois talentos da novíssima geração da MPB.


Desde 1972 vem pesquisando percepção sobre o processamento da música no cérebro e a compreensão dos sentidos. A idéia do livro nasceu da observação das dificuldades que algumas pessoas têm para lidar com a musicalidade. Muitos têm potencial, mas não sabem como exteriorizá-lo. O Cérebro Musical é obra interessantíssima, que decifraremos no programa de hoje à noite.

SERVIÇO:
VITROLA - sexta-feira, 21 de Março, às 20 horas
Produção, Direção e Apresentação: Toninho Spessoto
Convidada: SILVIA GOES, lançando o livro O Cérebro Musical
www.alltv.com.br

NO VILLAGGIO CAFÉ, A ARTE MULTIFACETADA DE TATO FISCHER


No próximo sábado, 22 de março, o público paulistano poderá ver, no palco do Villaggio Café, um dos artistas mais interessantes e intensos da cidade: o cantor, compositor, arranjador, maestro, produtor, ator e mágico Tato Fischer. Um dos fundadores dos Secos & Molhados, Tato mostrará canções como Velha Imagem (parceria com o poeta e jornalista pernambucano Gilvandro Filho), Música, Oh! Música (dele e do irmão, Iso Fischer), Garganta, Você é Meu Caminho e, homenageando Adoniran Barbosa, o clássico Trem Das Onze.

Tato Fischer (voz, teclados, arranjos, direção musical) será acompanhado por Ayrton Mugnaini Jr. (baixo), Brau Mendonça (violões) e Bruno Sotil (percussão). O show terá participação especial do compositor Iso Fischer e das cantoras Ana Paula Xavier e Lúcia Helena Corrêa. Por ser véspera do domingo de Páscoa, o artista promete distribuição de chocolates para a platéia.

SERVIÇO:
TATO FISCHER
Sábado, 22 de Março, às 22 horas
Villaggio Café - Praça Don Orione, 298 - Bixiga, São Paulo
Couvert Artístico a R$ 15,00
Informações: (11) 3571 3730 - www.villaggio.com.br

ANA CAÑAS APRESENTA-SE NESTE SÁBADO NO CENTRO CULTURAL SÃO PAULO


A cantora e compositora paulistana Ana Cañas volta à sua cidade no sábado, 22 de março. Ela mostra, no Centro Cultural São Paulo, o show Amor e Caos, mesmo título de seu primeiro CD, lançado em 2007 pela Sony BMG e considerado pela crítica especializada um dos melhores trabalhos do ano. O espetáculo faz parte do projeto Chuva de Estrelas.

No repertório, canções do CD, entre elas Devolve Moço, seu primeiro sucesso, Para Todas As Coisas, Mandinga Não, todas de autoria própria, e releituras de Rainy Day Women (Bob Dylan) e Coração Vagabundo (Caetano Veloso). A gravação de Ana Cañas, por sinal, está na trilha sonora da novela global Beleza Pura.

Site oficial: www.anacanas.com

SERVIÇO:
ANA CAÑAS - show Amor e Caos, no projeto Chuva de Estrelas
Sábado, 22 de Março, às 19 horas
Centro Cultural São Paulo (Sala Adoniran Barbosa) - Rua Vergueiro, 1000 - Paraíso, São Paulo
Ingressos a R$ 15,00 (devem ser retirados com uma hora de antecedência)
Informações: (11) 3383 3400




Ana Cañas em Devolve Moço (Ana Cañas), seu primeiro sucesso, um dos destaques do CD Amor e Caos (Sony BMG, 2007)



Ana Cañas em Coração Vagabundo (Caetano Veloso). A gravação está no CD Amor e Caos e estará no repertório do show deste sábado, 22 de Março, no Centro Cultural São Paulo

MORRE EM SÃO PAULO O MAESTRO E ARRANJADOR MIGUEL CIDRAS


Morreu nesta quinta-feira em São Paulo, quando se preparava para uma bateria de exames médicos e exercícios de fisioterapia, o maestro e arranjador uruguaio Miguel Cidras, de 71 anos. Nascido em Montevidéu, Cidras veio para o Brasil em 1958 e passou a trabalhar na Rádio Gaúcha, em Porto Alegre. Lá, conheceu Elis Regina, que o levou para o Rio de Janeiro no início da década de 60.

Cidras tornou-se um dos mais requisitados maestros e arranjadores da música brasileira. Ao longo de mais de quarenta anos de carreira, trabalhou com artistas como Raul Seixas, Alceu Valença, Zé Rodrix, Tim Maia, Erasmo Carlos e Sidney Magal. Ele é autor, em parceria com o argentino Robert Livi (hoje produtor dos discos de Julio Iglesias), do maior sucesso de Magal, Sandra Rosa Magalena (A Cigana).


Miguel Cidras teve passagens curiosas, entre elas uma briga com Tim Maia nos estúdios da antiga PolyGram, hoje Universal, nos anos 70. Tim, por discordar de um arranjo, chegou às vias de fato com o maestro, em episódio relatado com detalhes no livro Vale Tudo - O Som e a Fúria de Tim Maia, de Nelson Motta. Cidras não dizia qual era seu trabalho favorito, mas certa vez, em entrevista, deixou escapar uma predileção pelos arranjos de Gita, disco de Raul Seixas lançado pela PolyGram em 1974.

quinta-feira, 20 de março de 2008

A MAGIA DO VIOLÃO


TURIBIO SANTOS
Mistura Brasileira
Delira Música


O notável violonista maranhense Turibio Santos sempre foi admirador assumido dos mestres Heitor Villa-Lobos e Antonio Carlos Jobim. Com Tom chegou, inclusive, a se apresentar. Neste primoroso CD, presta homenagem aos dois inesquecíveis compositores e traz outras peças do cancioneiro popular brasileiro vestidas com a roupagem do erudito e, em alguns casos, mescladas a elementos flamencos.


O resultado é de emocionar. Estão aqui, em interpretações deslumbrantes, temas como Suíte Nordestina (unindo Asa Branca, Juazeiro e Baião, de Luiz Gonzaga e Humberto Teixeira), Tributo a Jackson do Pandeiro (com O Canto da Ema, Forró em Limoeiro e Sebastiana), Prelúdio da Rosa (do próprio Turíbio, em homenagem à saudosa Rosinha de Valença) e Suíte Senhores (outra peça do violonista.

Há também quatro faixas intituladas Tom Jobim Visita Villa-Lobos com um tema de cada compositor por gravação. Entre eles, Dindi, Garota de Ipanema e Samba de Uma Nota Só, de Tom, e Cadência (do Concerto Para Violão e Orquestra) e Estudo nos. 4 e 8, de Villa-Lobos. Os arranjos são do próprio Turibio Santos. O erudito e o popular nunca estiveram tão próximos.

Site oficial: www.turibio.com.br

AMY WINEHOUSE FOTOGRAFA NUA PARA CAMPANHA CONTRA O CÂNCER DE MAMA


Quem vê a foto ao lado certamente pensa que Amy Winehouse aprontou mais uma e foi fotografada nua por um paparazzi. Mas não é nada disso. Desta vez, a moça ousou por uma boa causa. Ela foi clicada como veio ao mundo para uma campanha de prevenção contra o câncer de mama e conscientização sobre o tema.

A foto, de Carolyn Djangoly, foi feita em Londres e fará parte de um ensaio a ser publicado em abril na revista Easy Living. A campanha será direcionada a mulheres jovens. A excepcional cantora e compositora, que levou para casa cinco dos seis Grammy que disputou em fevereiro último, começa enfim a dar bons exemplos e, segundo a imprensa britânica, mostra sinais claros de estar se recuperando do vício em drogas e álcool. Amy Winehouse internou-se no começo do ano em uma clínica de reabilitação nos arredores de Londres.

COQUEIRO VERDE REEDITA DVDs CLÁSSICOS DO POP/ROCK INTERNACIONAL


A gravadora Coqueiro Verde está reeditando alguns dos melhores DVDs de pop/rock internacional já lançados. Os títulos, das distribuidoras Image Entertainment e Aviva International, tinham anteriormente representação no Brasil através da Top Tape. Retornam às lojas em novas e caprichadas edições. Depois de Paul McCartney, Peter Frampton, Gee Gees e Roy Orbison, entre outros, chegam reedições de um show da cantora e compositora Sheryl Crow e um tributo ao maestro, arranjador e compositor Burt Bacharach e a seu letrista favorito, Hal David.

Rockin' The Globe Live, de Sheryl Crow, foi gravado no Palace, em Detroit, no início de 1999, durante a turnê de lançamento do álbum The Globe Sessions. Sheryl canta nove canções daquele disco e sucessos dos trabalhos anteriores. Entre os temas, All I Wanna Do, A Change Would Do You Good, Strong Enough, If It Makes You Happy e My Favorite Mistake. Pop, rock, country e folk da mais alta qualidade.


A Tribute to Burt Bacharach & Hal David, gravado ao vivo em julho de 2000 no Royal Albert Hall, em Londres, é uma grande homenagem ao genial compositor norte-americano, que em maio completa 80 anos. Astros do pop inglês interpretam os clássicos criados por ele em parceria com Hal David. Entre os artistas, Petula Clark, Brian Kennedy, Yazz, Paul Carrack e Leo Sayer. Mas o melhor mesmo fica com as presenças de Elvis Costello, Dionne Warwick e do próprio Bacharach. O cantor inglês traz I Just Don't Know What To Do With Myself, e Dionne apresenta um medley com Walk On By, I Say a Little Prayer e Do You Know The Way To San Jose, além de Anyone Who Had a Heart. Ela e Costello são acompanhados por Burt Bacharach ao piano e no comando da orquestra. Tributo merecido a um mestre supremo da música popular. A Coqueiro Verde promete para os próximos meses reedições de DVDs de Don Henley e Ringo Starr, entre outros astros.



Sheryl Crow em All I Wanna Do (Sheryl Crow), do DVD Rockin' The Globe Live



Dionne Warwick, acompanhada por Burt Bacharach, em Anyone Who Had a Heart (Burt Bacharach/Hal David), do DVD A Tribute to Burt Bacharach & Hal David

quarta-feira, 19 de março de 2008

MUITO ALÉM DAS PALAVRAS


JAMES BARRETT
Circle Of Songs
RM2 Entretenimento


Profundamente apaixonado pela música brasileira, principalmente pelo soul de Tim Maia e Hyldon, o cantor e compositor inglês James Barrett decidiu verter para o seu idioma as canções daqueles músicos. O resultado desses experimentos está em Circle of Songs, primeiro CD de Barrett. O cantor dá novas cores a temas como I’m Sorry (Vôo Sobre o Horizonte, de José Roberto Bertrami e Paraná, clássico do Azymuth), Inside My Mind (o bolero Resposta Ao Tempo, de Cristóvão Bastos e Aldir Blanc), As Time Goes By (As Dores do Mundo, de Hyldon), Colour Of Ocean Blue (Azul da Cor do Mar, de Tim Maia) e I Don’t Think It’s Likely (Na Rua, Na Chuva, Na Fazenda, de Hyldon).

Em algumas canções, James Barrett não se prendeu ao conteúdo original das letras originais, deixando-se levar pela emoção da melodia para criar os versos em inglês. O disco tem ainda temas do próprio artista como When I’m With You, Call My Name e Silence Of The Night. Colour Of Ocean Blue (Azul da Cor do Mar) e Silence Of The Night vêm também em versões house, que já fazem sucesso nas pistas de dança da Europa. O timbre de Barrett lembra o de mestres do soul como Marvin Gaye e Otis Redding. Tem tudo para fazer sucesso.

terça-feira, 18 de março de 2008

JANE MARA CANTA CLÁSSICOS DA MPB EM SÃO PAULO


A cantora e atriz Jane Mara apresenta-se nesta quarta-feira, 19 de março, na Livraria da Esquina, em São Paulo. Dona de belo registro vocal, ela interpretará clássicos da MPB como Eu Preciso Dizer Que Te Amo (Cazuza/Dé/Bebel Gilberto), Lambada de Serpente (Djavan), Pra Quê Discutir Com Madame (Haroldo Barbosa/Janet de Almeida), Samba da Minha Terra (Dorival Caymmi) e Estrada do Sol (Tom Jobim/Dolores Duran).

Jane Mara será acompanhada por Bruno Alves (teclado), Zé Renato (baixo) e Giba Favery (bateria). Vale a pena conhecer o trabalho da moça, ela é afinada, tem carisma e mostra enorme bom senso na escolha de repertório. Mais um talento que surge na novíssima cena musical paulistana.

MySpace: www.myspace.com/janemara

SERVIÇO:
JANE MARA
Quarta-feira, 19 de Março, às 22 horas
Livraria da Esquina - Rua do Bosque, 1254 - Barra Funda, São Paulo
Couvert Artístico a R$ 10,00
Informações: (11) 3392 3089 - www.livrariadaesquina.com.br

MÁGICOS ACORDES


OMAR IZAR
Música Brasileira
Independente


Comemorando meio século de carreira, o gaitista paulista Omar Izar lança o belíssimo Música Brasileira, com clássicos e composições próprias. Mostrando sua enorme perícia e musicalidade, Izar dá uma autêntica aula de talento e competência na gaita de boca - ou harmônica -, um dos instrumentos de mais difícil manejo e execução.

Acompanhado por orquestra com direção musical de Vicente 'Viché' Sálvia, Omar Izar apresenta interpretações deslumbrantes para canções como Aos Nossos Filhos, Lembra de Mim (ambas de Ivan Lins e Vitor Martins), Samba do Avião, Tema de Amor de Gabriela (as duas de Tom Jobim), Modinha (Sérgio Bittencourt), Da Cor do Pecado (Bororó), Garota de Ipanema (Tom Jobim/Vinícius de Moraes) e, de autoria própria, Espera e Romântica.


Omar Izar é um dos melhores gaitistas de todos os tempos, ao lado dos brasileiros Edu da Gaita (1916-1982), Maurício Einhorn e Rildo Hora, do norte-americano Larry Adler (1914-2001) e do russo Borrah Minevitch (1902-1955). Ao longo das últimas cinco décadas, apresentou-se em diversos países e gravou discos no Brasil e Exterior. Aos 74 anos, segue atuando regularmente. É um músico excepcional, que merece ser conhecido pelas novas gerações.

Como adquirir o CD: spizar8@hotmail.com

SERVIÇO:
OMAR IZAR
Todos os sábados, a partir das 21 horas
O Bar - Av. Lins de Vasconcelos, 2090 - Vila Mariana, São Paulo
Informações: (11) 5573 0768 e (11) 5543 7284

CABEÇA, TRONCO, MEMBROS E SONS


BARBATUQUES
Corpo do Som Ao Vivo
MCD


O grupo de percussão corporal Barbatuques faz sucesso no Brasil e em diversos países europeus com seus espetáculos de impactante beleza musical. André Hosói, André Venegas, Bruno Buarque, Dani Zulu, Fernando Barba, Flávia Maia, Giba Alves, Helô Ribeiro, João Simão, Lu Horta, Mairah Rocha, Marcelo Pretto, Maurício Maas e Renato Epstein desenvolvem trabalho baseado nos inúmeros sons que podem ser produzidos pelo corpo humano como palmas, estalos, batidas no peito, sapateado, vácuos de boca e efeitos vocais que são transformados em melodias.

O DVD Corpo do Som Ao Vivo traz, na íntegra, o espetáculo que o Barbatuques vem apresentando desde 2002. Gravado ao vivo no Teatro Tuca, em São Paulo, mostra o grupo em temas próprios como Barbapapa's Groove e Baião Destemperado e em impressionantes releituras de Peixinhos do Mar (tema folclórico recolhido por Tavinho Moura), Pra Onde Vai Valente (embolada de Manezinho Araújo, saudoso cantor, compositor e artista plástico) e Carcará (canção de João do Vale que lançou Maria Bethânia). Entre os extras, o documentário Indivíduo Corpo Coletivo. Imaginação, criatividade e musicalidade verdadeira não têm limites.

Site oficial: www.barbatuques.com.br

Duração total: 92 minutos
Extras: documentários, cenas de oficinas culturais, galeria de fotos
Legendas: português, inglês, francês, espanhol
Áudio: Dolby Digital 5.1, Dolby Digital 2.0
Região 0 (roda em qualquer aparelho)




O grupo Barbatuques em Carcará (João do Vale/José Cândido), faixa do DVD Corpo do Som Ao Vivo (MCD, 2008)

segunda-feira, 17 de março de 2008

NO VITROLA, O TALENTO DE DANDARA


O VITROLA, programa que produzo, dirijo e apresento todas as quartas-feiras pela allTV, recebe neste dia 19 uma das maiores revelações da novíssima cena musical paulistana: a cantora e compositora DANDARA.

DANDARA, de apenas 17 anos, mostrará canções de autores como Sonekka, Márcio Policastro e Rafael Iasi, todos, a exemplo dela, integrantes do Clube Caiubi de Compositores. Interpretará, também, clássicos de Wilson Batista e Ari Barroso. Vale a pena conferir!

SERVIÇO:
VITROLA - quartas-feiras, das 16 às 17 horas, ao vivo
Produção e Apresentação: Toninho Spessoto
Convidada em 19 de Março: DANDARA
www.alltv.com.br

domingo, 16 de março de 2008

ZIZI POSSI RECEBE EDUARDO DUSSEK NO PALCO DO TOM JAZZ


O cantor, compositor e ator carioca Eduardo Dussek é o convidado de Zizi Possi nesta terça-feira, 18 de março, no Tom Jazz, em São Paulo, em show da série Cantos e Contos, que a intérprete paulistana apresenta até 27 de maio. Zizi comemora os 30 anos de lançamento de Flor do Mal, seu primeiro LP. O projeto teve início em 11 de março com Alcione como convidada. Os próximos artistas a dividir palco com a anfitriá serão Alceu Valença (25 de março) e Luiza Possi (1o. de abril).


Ao longo do tempo, Zizi Possi gravou canções de Eduardo Dussek como Eu Velejava Em Você, O Pão, Ave e A Lua e o Sol. A cantora e o convidado serão acompanhados por Jether Garotti Jr. (regências, piano, teclado, clerineta), Keco Brandão (teclados) e Guello (percussão). O show tem direção geral de José Possi Neto e musical da própria Zizi Possi.

Site oficial: www.zizipossi.com.br

SERVIÇO:
ZIZI POSSI, no show Cantos e Contos
Convidado da semana: EDUARDO DUSSEK
Terça-feira, 18 de Março, ás 21h30
Tom Jazz - Avenida Angélica, 2331 - Higienópolis, São Paulo
Couvert Artístico de R$ 100,00 a R$ 200,00
Informações: (11) 3255 3635 - www.tomjazz.com.br

EM SÃO PAULO, RUBENS NOGUEIRA E AS PARCERIAS COM PAULO CÉSAR PINHEIRO


O cantor e compositor Rubens Nogueira lança seu terceiro CD, Quando Eu Canto o Meu Samba, produção independente, com show na próxima terça-feira, 18 de março, no Teatro do Colégio Santa Cruz, em São Paulo. Nogueira (voz e violão) será acompanhado por Mário Manga (cello), Sérgio Reze e Douglas Alonso (percussões), Marinho Andreotti (baixo acústico), Alexandre Ribeiro (clarinete), Camilo Carrara (bandolim e cavaquinho), Rubinho Antunes (fluguellhorn), Verônica Ferriani e Juliana Amaral (vozes).

O repertório do CD e do show é composto de parcerias de Rubens Nogueira com Paulo César Pinheiro. Entre elas, Pó de Giz, Bem Feito, Não é Bem Adeus, Questão Encerrada, Amor e Mágoa, Terreiro Nagô e Brasil Brasileiro. Uma novidade; Músicos e estudantes de música (com carterinha) não pagarão ingresso. Vale a pena conferir, os sambas de Rubens Nogueira e Paulo César Pinheiro são de enorme beleza.

Site oficial: www.rubensnogueira.com.br

SERVIÇO:
RUBENS NOGUEIRA - show de lançamento do CD Quando Eu Canto o Meu Samba
Terça-feira, 18 de Março, às 21 horas
Teatro do Colégio Santa Cruz - Rua Orobó, 277 - Alto de Pinheiros, São Paulo
Ingressos a R$ 7,50 e R$ 15,00 - Músicos e estudantes de Música com carteirinha têm entrada franca
Informações: (11) 3024 5191

sábado, 15 de março de 2008

CANÇÕES, DORES E AMORES


PIAF - UM HINO AO AMOR
Marion Cotilliard, Gérard Depardieu
Europa


A vida atormentada de Edith Piaf (1915-1963), a grande dama da canção francesa, é retratada sem meias-palavras em Piaf – Um Hino Ao Amor (La Môme, 2007), produção franco-britânica dirigida por Oliver Dahan que deu a Marion Cotillard o Oscar de Melhor Atriz. O desempenho da jovem é mediúnico. O filme chega ao DVD, por enquanto somente para locação. Marion simplesmente incorpora o espírito de Piaf, da juventude ao melancólico final, aos 48 anos porém aparentando pelo menos 90.

O roteiro, extremamente bem desenvolvido, faz idas e voltas na trágica história da cantora, abordando a infância passada entre um prostíbulo gerenciado pela avó e os circos mambembes nos quais o pai, equilibrista, trabalhou, a juventude em bares de quinta categoria, o assassinato de Louis Leplée (vivido por Gérard Depardieu), empresário que a descobriu e lhe deu o nome artístico de Piaf (como são chamados os pardais no interior da França) e de cuja morte chegou a ser considerada suspeita, a conquista do sucesso, a paixão desenfreada pelo pugilista Marcel Cerdan, morto num acidente aéreo em 1949, o que desestabilizou definitivamente sua vida, e a derrocada física, tudo entre doses cavalares de bebida, tranqüilizantes e injeções de morfina para aliviar as dores provocadas por um câncer.

Marion Cotilliard não economiza em emoção, tanto nas cenas dramáticas quanto nas apresentações de Edith Piaf por palcos europeus e americanos. As canções são mostradas nas gravações originais da estrela, entre elas as maravilhosas La Vie En Rose, L’Hymne à L’Amour, Milord, Padam Padam e Non, Je Ne Regrette Rien. Uma das melhores cinebiografias musicais já produzidas.

Duração total: 140 minutos - Colorido
Legendas: português, francês
Áudio: Dolby Digital 2.0
Região 4 (roda somente em aparelhos formatados para uso no Brasil




Trailer de Piaf - Um Hino Ao Amor (Europa, 2008), que chega ao DVD

sexta-feira, 14 de março de 2008

O TALENTO DE BRUNA CARAM NO SÁBADO PAULISTANO


A cantora paulista Bruna Caram volta a se apresentar em São Paulo neste sábado, 15 de março, agora no palco do Teatro Shopping Frei Caneca. Bruna mostrará canções de Essa Menina, seu primeiro CD, lançado no final de 2006 pela Dabliú e grande sucesso nas rádios especializadas em MPB e também no Japão (onde saiu pela JVC). O disco traz canções de Otávio Toledo.

Ela será acompanhada por Alexandre Fontanetti (violões e direção musical), Paulinho (baixo), Anderson Toledo (teclado) e Adriano Busko (bateria), Bruna Caram cantará, entre outras, Palavras do Coração, Sensação (ambas de Otávio Toledo e José Carlos Costa Netto), Um Blues e Essa Menina (só de Otávio Toledo), além de releituras de Feira Moderna (Beto Guedes/Lô Borges/Fernando Brant) e Beijo Partido (Toninho Horta). Uma excelente opção para o público paulistano, vale a pena conferir o talento de Bruna.

Site oficial: www.brunacaram.com.br
MySpace: www.myspace.com/brunacaram

SERVIÇO:
BRUNA CARAM, no show Essa Menina
Sábado, 15 de Março, às 21 horas
Teatro Shopping Frei Caneca - Rua Frei Caneca, 569 (6o piso) - Consolação, São Paulo
Ingressos a R$ 15,00
Informações: (11) 3472 2229 e 2230

terça-feira, 11 de março de 2008

DANIELA PROCOPIO LANÇA NO VITROLA SEU PRIMEIRO CD

DANI PROCÓPIO 4 A cantora e compositora paulistana DANIELA PROCOPIO é a convidada desta quarta, 12 de março, do VITROLA, programa que dirijo, produzo e apresento todas as quartas-feiras na allTV. A intérprete, radicada no Rio de Janeiro, lança seu primeiro CD, DANIELA PROCOPIO (RM2 Entretenimento).

Na terça, 12, âs 19h30, acontece noite de autógrafos do CD na Saraiva Mega Store do Shopping Pátio Paulista, em São Paulo. Às 21h30, Daniela faz pocket show de abertura do Projeto Papo de Músico, do jornalista, radialista e produtor musical Toninho Spessoto, no Villaggio Café.

No disco, co-produzido por Daniela e Juliano Barreto, canções inéditas de, entre outros, Carlinhos Brown, Antonio Villeroy, Vevé Calazans, Saul Barbosa e da própria artista. Entre os temas, Tempo Ao Tempo (Navegador de Lua), Do Tamanho do Mar, Quem Eu Quero Bem, Deusa dos Ventos e uma belíssima releitura de Melodia Sentimental (Heitor Villa-Lobos/Dora Vasconcellos).

DANIELA PROCOPIO Carlinhos Brown faz participação especial no CD em Quase Lenda (Uma Opereta Tupiniquim). Os arranjos são de Eumir Deodato e Paulo Moura. DANIELA PROCOPIO cria com seu disco um gênero novo, o Afojazz, que mescla elementos do jazz com pitadas saborosas de música baiana. É, seguramente, um dos melhores discos dos últimos tempos. Vale a pena conferir o talento da moça!

MySpace: www.myspace.com/danielaprocopio

SERVIÇO:
NOITE DE AUTÓGRAFOS de LANÇAMENTO do CD DANIELA PROCOPIO
Terça, 11 de Março, às 19h30
Saraiva Mega Store (Shopping Pátio Paulista) - Rua Treze de Maio, 1947 - Bela Vista, São Paulo
Informações: (11) 3171 3050

POCKET SHOW de Abertura do Projeto PAPO DE MÚSICO
Terça, 11 de Março, 21 horas
Villaggio Café - Praça Don Orione, 298 - Bela Vista, São Paulo
Informações: (11) 3571 3730 - www.villaggio.com.br

VITROLA - quartas-feiras, das 16 às 17 horas, ao vivo
Produção e Apresentação: Toninho Spessoto
Convidada em 12 de Março: DANIELA PROCOPIO
www.alltv.com.br

SUCESSO DO CINEMA MUSICAL BRASILEIRO SERÁ REFILMADO

DANIEL O filme O Menino da Porteira, inspirado na moda de viola homônima de Teddy Vieira e Luizinho, estrelado por Sérgio Reis e dirigido por Jeremias Moreira em 1976, será refilmado. Um dos maiores sucessos do cinema nacional, com mais de quatro milhões de espectadores à época do lançamento, terá nova versão com início das filmagens em abril, na cidade de Brotas e no Polo Cinematográfico de Paulínia, ambos no interior paulista.

O próprio Jeremias Moreira estará na direção. A produção executiva será de Moracy do Val, também responsável pela versão original. No papel do boiadeiro Diogo, interpretado por Sérgio Reis no primeiro filme, estará o cantor Daniel. Ele viverá às voltas com o temido Major Batista, a ser vivido por Claudio Marzo. A previsão de lançamento da nova versão de O Menino da Porteira é para o final de 2008 e, a exemplo do primeiro filme, este também deverá ter trilha sonora lançada comercialmente.

CARLY SIMON PREPARA DISCO INSPIRADO NA MÚSICA BRASILEIRA

CARLY SIMON A cantora e compositora Carly Simon, um dos maiores ícones da música pop, mudou de gravadora e prepara novo CD. Carly foi da Columbia para a Hear Music, subsidiária da Starbucks Entertainment, parceira da Concord Music que tem distribuição mundial da Universal Music.

O novo trabalho da artista, This Kind Of Love, com lançamento previsto para 29 de abril em todo o mundo, é o primeiro com canções inéditas em três anos. A inspiração é a música brasileira, pois desde a infância ela ouve Tom Jobim e Luiz Bonfá. O É fã também de Jorge Benjor e Caetano Veloso. CD é dedicado a Jobim. A produção é assinada por Carly, Frank Filipetti e pelo lendário maestro, arranjador e compositor Jimmy Webb.

Curiosamente, Carly Simon está novamente na mesma gravadora de seu ex-marido, James Taylor. Eles estiveram juntos antes na Warner e Columbia/Sony BMG. A Hear Music/Starbucks tem sob contrato também Joni Mitchell, Kenny G e Paul McCartney (que já prepara novo álbum).

Sites oficiais: www.carlysimon.com e www.hearmusic.com