terça-feira, 2 de novembro de 2010

TERRITÓRIO INDEPENDENTE # 4

RUBENS KURIN RUBENS KURIN – Uns São Comuns, Outros Felizes – Benjoim Music – Tivesse esse país mais juízo na área cultural, não fossem as rádios dominadas pelo clientelismo, Rubens Kurin teria seu talento reconhecido nacionalmente. Tremendo cantor e compositor, o paulista lança seu terceiro CD, com produção e arranjos do pianista Leandro Braga. Kurin se sai bem em sambas, toadas, galopes, baladas, xotes. Cantor de timbre rico, emprega as doses necessárias de emoção que cada tema requer. Suas canções falam de amor, inconformismo, observações do cotidiano. entre elas A Estrela de Zé, Um Minuto de Silêncio, Quase Tudo, Sem Fim e Pivetes. Em Então Tá, faz dueto com Ney Matogrosso. De primeiríssima linha. www.rubenskurin.com.br

PATRICIA BASTOS PATRICIA BASTOS – Eu Sou Caboca – Independente – Cantora amapaense de timbre deslumbrante, Patricia Bastos lança novo CD, financiado pela Funarte através do Projeto Pixinguinha. Produzido por Nilson Chaves e Geandra Bastos, o álbum empreende uma viagem pelas sonoridades dos povos que vivem às margens do Rio Amazonas. Estão aqui lundus, carimbós, batuques, marabaixos de autores como Eudes Fraga, Celso Viáfora, Zeca Baleiro, Joãozinho Gomes. Rosinha de Valença, Vicente Barreto, Leci Brandão. Esses temas são provas evidentes de que sensibilidade não tem morada fixa. Leci e Viáfora, por exemplo, são respectivamente carioca e paulistano, mas isso não os impede de falar com propriedade das belezas da região amazônica. Entre as canções estão Milagre Fugaz (Nilson Chaves/Thiago de Mello), Gogó do Nego (Zeca Baleiro/Joãozinho Gomes), Natureza (Rosinha de Valença/Leci Brandão), Cantando Pro Mar (Eudes Fraga/Paulinho Campos), Demônio de Batom (Dante Ozzetti/Joãozinho Gomes) e Crença (Celso Viáfora). Participação especial de Vitor Ramil (dueto com Patricia Bastos na dramática Pequeno Pescador, de Vicente Barreto e Joãozinho Gomes). Simples e emocionante. www.myspace.com/patriciabastos 

ORQUESTRA DE BERIMBAUS ORQUESTRA DE BERIMBAUS DO MORRO DO QUEROSENE – Sinfonia de Arame – Independente/Tratore – A Orquestra de Berimbaus do Morro do Querosene, comunidade da zona oeste da capital paulista, tem como responsável o percussionista Dinho Nascimento, que durante muito tempo esteve à frente do Barracão dos Sonhos, grupo da comunidade de Paraisópolis (zona sul de SP) que foi revelado pelo compositor Celso Viáfora. A Orquestra de Berimbaus lança seu primeiro CD. Os instrumentos foram divididos em naipes: berimbaus berra-boi e gunga (sons graves), médio, viola e violinha (sons agudos), berimbum, tocado com arco de violoncelo (sons extremamente graves) e berimbau de lata, tocado com arco de rabeca. O grupo é formado por onze músicos. O CD tem participações especiais da Orquestra Tambores de Aço, Quarteto Pererê, Toninho Carrasqueira e Tião Carvalho. Entre os temas estão Aquarela do Brasil, Na Baixa do Sapateiro (ambos de Ari Barroso) e melodias de domínio público como Peixinhos do Mar, Puxada de Rede e Sertão do Caicó, além de uma inusitada leitura do Hino Nacional Brasileiro. Os músicos extraem dos berimbaus matizes sonoros surpreendentes. Detalhe: o trabalho gráfico do CD traz os textos escritos também em braille, promovendo assim acessibilidade aos deficientes visuais. www.dinhonascimento.com.br

CLARISSA MOMBELLI CLARISSA MOMBELLI – Volta No Tempo – Fonomidia – Cantora e compositora gaúcha, Clarissa Mombelli lança seu primeiro CD. Mostra influências de pop, folk, rock e MPB. Boa autora, apresenta temas interessantes como Volta No Tempo, Diga Alguma Coisa, Nada Mais Importa e Porque Eu Não Sei Mais Dizer Que Não. O CD é bem produzido (por Eduardo Dolzan). Clarissa tem potencial como compositora, mas precisa aprimorar seu canto. Por vezes semitona e a voz, na maioria das canções, soa sem brilho. Mas nada que estudos de técnica vocal não resolvam. Se ela se aplicar como cantora, verá suas perspectivas se ampliarem, e muito. O dom para a música, Clarissa Mombelli já tem. E isso é fundamental. www.myspace.com/clamombelli

MANUEL FILHO MANUEL FILHO – Raízes – Independente – Cantor, compositor e escritor, Manuel Filho lança seu segundo CD, Raízes. O músico se propõe a fazer simultaneamente uma viagem por suas emoções e pelo melhor da tradição musical brasileira. Canta canções, toadas, baladas, sambas. Manuel Filho tem timbre bonito e envolvente. Assina as canções Um Homem Semeando Estrelas (parceria com Cristina Lemos), Paz Na Estrada e Sonho (parceria com Mandarino Jr.). Regrava os clássicos Os Rios Correm Para o Mar (Custódio Mesquita/Ewaldo Ruy), Cigarro de Paia (Armando Cavalcanti/Klécius Caldas) e Rapaz Folgado (Noel Rosa). Vale ouvir com atenção. www.manuelfilho.com.br

Um comentário:

Drika disse...

Toninho, que honra ver o cd da Patricia nesse cantinho tão importante da música brasileira.
Obrigada por tudo, sempre!
Um beijinho. Drika