sexta-feira, 21 de novembro de 2008

O SAMBA MAJESTOSO DE DONA INAH

DONA INAH
Olha Quem Chega
Dabliú


Figura de ponta do samba de São Paulo, Dona Inah lança seu segundo disco, Olha Quem Chega. Aos 73 anos, essa grande dama mostra empolgação e doçura em repertório de qualidade, formado apenas por sambas do grande Eduardo Gudin. A produção e arranjos são de Tiago França e o CD tem participação dos músicos do Quinteto em Branco e Preto e de Oswaldinho da Cuíca.

Dona Inah tem voz deliciosa, que emoldura com leveza obras como E Lá Se Vão Meus Anéis (Gudin/Paulo César Pinheiro), Ainda Mais (Gudin/Paulinho da Viola), Longe de Casa (Gudin/Paulo Vanzolini), Velho Ateu (Gudin/ Roberto Riberti), Verde (Gudin/José Carlos Costa Netto), Chorei (Gudin/Paulo César Pinheiro/Mauro Duarte), Violão Gentil (Gudin/Dino Galvão Bueno) e Maior é Deus (Gudin/Paulo César Pinheiro). Sambas de primeira na voz da menina Inah, cantora de verdade.

Um comentário:

thiagosax disse...

Muito obrigado pela menção! Estou muito feliz com a repercussão desse trabalho, a Inah é uma cantora de primeira linha e merece ser reconhecida.
Grande abraço,
Thiago