segunda-feira, 9 de junho de 2008

CANÇÕES PERFORMÁTICAS

BEATRIZ AZEVEDO
Alegria
Biscoito Fino


Poeta, cantora e compositora, a paulistana Beatriz Azevedo tem um lado performático muito forte. Esse mix traz resultado interessante em Alegria, segundo trabalho da artista. Gravado entre São Paulo, Rio de Janeiro e Nova York, o disco é multifacetado. Como poeta, Beatriz bebe constantemente do lirismo e inventividade do Modernismo e do Concretismo. Seus versos são ricos, têm movimento, textura, são essencialmente visuais. Como melodista, também explora caminhos inusitados, não se prendendo a soluções harmônicas comuns e/ou previsíveis. É intérprete de timbre forte e voz envolvente.

BEATRIZ AZEVEDO O novo CD tem produção da própria Beatriz Azevedo, com direção musical de Cristóvão Bastos. Nas gravações foram utilizados instrumentos como theremin, pianos Würlitzer e teclados Rhodes, que dão uma sonoridade setentista ao trabalho, tudo escudado por excelentes intervenções percussivas. Participam Vinícius Cantuária (parceria e voz em Alegria), a cantora norte-americana Jamie Leonhart (Abraçar o Sol) e Tom Zé (Pelo Buraco). Entre as canções, Coco de Pagu (poema do modernista Raul Bopp musicado por Beatriz), Sem Fronteiras e as citadas Alegria, Abraçar o Sol e Pelo Buraco, além de uma curiosa releitura de Speak Low (Kurt Weil/ Ogden Nash). Sambas, cocos, maracatus e canções, num apanhado irresistível. O CD traz faixa interativa com making of das gravações. Trabalho de inventividade absoluta, numa bela relação entre música e verso.

MySpace: www.myspace.com/beatrizazevedo

Um comentário:

Chico Souza disse...

Que boa notícia! Assisti um show da Beatriz Azevedo e fiquei encantado! Procurava um Cd nas lojas e não encontrava... agora já está nas lojas? ou apenas no site da Biscoito FIno? De todo modo é bom saber que saiu um CD novo, esta artista é realmente genial! Vou agora no myspace ouvir.