sexta-feira, 23 de novembro de 2007

CANÇÕES, POEMAS E O UNIVERSO CIBERNÉTICO


LUHLI & FELIPE CERQUIZE
Convers@Rimada
Litteris Editora


Um forum de discussão pela internet serve para trocar idéias. Mas quando o assunto é música, essas idéias se transformam em sonhos, loucuras, devaneios, discordâncias, diálogos poéticos. É nessa categoria que se encaixa a Convers@Rimada, obra que reúne poemas escritos pela cantora, compositora e artesã Luhli e pelo poeta, compositor e engenheiro químico Felipe Cerquize.

A gênese do livro foi a M-Música, maior e mais organizada tribuna de discussão cibernética musical, abençoadamente criada pela produtora cultural carioca Nana Soutinho há pouco mais de seis anos. Lá encontraram-se cantores, poetas, instrumentistas, jornalistas, curiosos, amantes da música. Entre eles, Luhli e Felipe Cerquize. A empatia foi imediata, nascendo uma grande amizade regada a versos e melodias.


Convers@Rimada vem dividido em blocos temáticos, com os poemas dos autores intercalados. Forma-se uma verdadeira rota de diálogo emocional de enorme riqueza, em temas que vão do amor à análise do cotidiano, sempre com expressões palatáveis e idéias claras, que invariavelmente arrastam o leitor a um universo poético dos mais saudáveis. Vários desses poemas já foram transformados em canções, o que abre outras perspectivas para o trabalho. Entre eles, Gota de Areia (Cerquize/Eduardo Franco), Chora Que Eu Rio (Luhli/Lucina), Todos Os Abraços (Cerquize/Iso Fischer), O Abraço (Luhli/Lucina) e Falácia (Luhli/Felipe Cerquize). Dcemente arrebatador.

Como adquirir o livro: www.litteris.com.br

Um comentário:

Danny disse...

Sim!!! Nós que o digamos, né, Toninho? Viva a M-Música! Que ainda consigamos colher outros frutos como este! Docemente arrebatador, arrebatadoramente doce... Ou vice-versa! :)
Um beijão!